quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Polícia prende suspeito e resgata menina de 13 anos que estava desaparecida

Do Novo Jornal
Policiais da Delegacia Especializada em Capturas (Decap) e da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) localizaram e resgataram na manhã desta quarta-feira (12) Sthefany Rhilenny da Silva, 13 anos, que estava desaparecida desde o dia 27 de setembro, quando desembarcou na rodoviária de Natal e seguiu um homem desconhecido.
A menina foi encontrada pela polícia em uma casa no bairro Bela Vista, em Parnamirim, por volta das 9h. No local foi detido um homem identificado até o momento como Rodrigo Alencar.
Tanto a jovem como o suspeito foram encaminhados à Delegacia Plantão Zona Sul, em Natal, onde prestarão depoimento. As informações são do delegado Raimundo Rolim.No G1 RN - Polícia investiga sumiço de adolescente de 13 anos
Ao NOVO, o delegado Raimundo Rolim comentou que a menina começou a utilizar as redes sociais para se comunicar com a família uma semana após o seu desaparecimento, mas que, no entanto, a amiga com quem se comunicava achava estranho o modo como Sthefany Rhilenny escrevia, diferente do usual. "Ela ou alguém se passando por ela dizia estar no Rio de Janeiro", contou o delegado.
De acordo com o depoimento de Sthefany, Rodrigo Alencar de Sousa  foi buscá-la  pessoalmente assim que a garota saiu do ônibus, no terminal de Bela Vista, levando a jovem imediatamente para sua casa.
Já a versão de Rodrigo é que a menina tinha se comunicado com ele há apenas alguns dias dizendo que estava perdida, quando então ele a orientou que chegasse no terminal de ônibus para então ir até sua casa. Rodrigo Alencar tem 21 anos e está desempregado.
"Ontem à noite Sthefany se comunicou com a avó dizendo que as 9h de hoje (dia 12) estaria no terminal de Bela Vista, e então a avó da menina, achando estranha a história se comunicou com a polícia para que houvesse um suporte", complementa o delegado.
Ainda não se sabe se Sthefany Rhilenny estava sendo mantida em cárcere privado. Após ser submetida à exames de corpo de delito foi confirmada conjunção carnal e Rodrigo Alencar será autuado por estupro de vulnerável. O delegado informou que após as primeiras buscas foram encontradas fotos sensuais da menina no celular de Rodrigo.