Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

No RN, 62,6 mil meninos devem ser imunizados contra HPV, diz ministério

Do G1 RN
Meninos de 12 e 13 anos serão incluídos em campanhas a partir de 2017. Anteriormente, apenas meninas eram vacinadas nas campanhas nacionais.
A vacina contra o HPV será oferecida gratuitamente a 62.118 meninos de 12 e 13 anos no Rio Grande do Norte a partir de 2017. O número foi divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (13). De acordo com o ministério, com a medida, o Brasil se tornará o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra HPV para meninos em programas nacionais de imunização.
O anúncio de que os meninos seriam incluídos nos programas de imunização foi feito na terça-feira (11), pelo ministro Ricardo Barros. Anteriormente, apenas meninas de faixa-etária próxima recebiam as doses da vacina pelo programa nacional. No entanto, o ministério optou por reduzir o número de doses aplicadas nas meninas para incluir os meninos na campanha.
“A inclusão dos adolescentes faz parte de um conjunto de ações integradas que o Ministério da Saúde tem realizado com o objetivo de conseguir mais resultados com os recursos financeiros já disponíveis. A ampliação da vacina é mais um avanço que conseguimos fazer, aproveitando essa redução de doses no grupo das meninas para ampliar a oferta também para os meninos. É muito importante a inclusão dessa faixa-etária. Precisamos estimular esta faixa a participar das mobilizações para vacinação”, destacou Barros.
Ao todo, seis milhões de doses da vacina contra o HPV foram compradas pelo valor de R$ 288,4 milhões. Ao invés das três doses aplicadas anteriormente nas meninas, a partir da campanha 2017 serão aplicadas duas. A medida, segundo o ministério, foi necessária para incluir os meninos sem aumentar os gastos.
Ainda de acordo com o ministério, a faixa-etária do público-alvo será ampliada gradativamente até 2020. A intenção é incluir meninos com 9 anos até 13 anos. A expectativa é imunizar, em todo o país, mais de 3,6 milhões de meninos em 2017, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos vivendo com HIV/aids, que também passarão a receber as doses.
Programa de vacinação
O esquema vacinal para os meninos contra HPV será de duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Para os que vivem com HIV, a faixa etária é mais ampla, de 9 a 26 anos, e o esquema vacinal é de três doses - com intervalo de 0, 2 e 6 meses. No caso dos portadores de HIV, é necessário apresentar prescrição médica.
A decisão de ampliar a vacinação para o sexo masculino está de acordo com as recomendações das Sociedades Brasileiras de Pediatria, Imunologia, Obstetrícia e Ginecologia, além de DST/AIDS e de organismos internacionais. A estratégia tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus, doenças que estão diretamente relacionadas ao HPV. A definição da faixa-etária para a vacinação visa proteger as crianças antes do início da vida sexual e, portanto, antes do contato com o vírus.
A vacina disponibilizada para os meninos será a quadrivalente, que já é oferecida desde 2014 pelo SUS para as meninas. Confere proteção contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema vacinal. Vale ressaltar que os cânceres de garganta e de boca são o 6º tipo de câncer no mundo, com 400 mil casos ao ano e 230 mil mortes. Além disso, mais de 90% dos casos de câncer anal são atribuíveis à infecção pelo HPV.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)