sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Declaração de vaqueiro sousense repercute na internet: ‘Se vaquejada virar crime, vamos virar criminosos’. Veja

Por todo o país, estão sendo realizados protestos contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que pode tornar a prática ilegal em todo o país. Os ministros consideraram que a atividade é inconstitucional e que impõe sofrimento ao animal. Em Sousa, as declarações do vaqueiro Ivan Casé repercutiram nas redes sociais, onde ele afirmou que se a vaquejada virar crime ele se tornará um criminoso.
Ivan foi um dos cinco vaqueiros que prestou entrevista à reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão durante o protesto que reuniu cerca de 100 vaqueiros realizado na terça-feira (11) no Parque de Vaquejada Júlia Beatriz, no bairro do Alto Cruzeiro em Sousa.
“Muitos pais de família dependem da vaquejada é um meio de vida para muitos. Primeiro, esses políticos deviam pôr em pratica as leis de combate a corrupção e desigualdade social em vez de querer proibir um negocio tão bonito que é a Vaquejada. Se a vaquejada virar crime, vamos ser criminosos”, disse.