Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Polícia em Ação: Acusados de incendiarem veículos em São Tomé são presos

A Polícia Militar prendeu na madrugada desta terça-feira (2) cinco indivíduos no município de São Tomé, acusados de atearem fogo num trator e numa retroescavadeira que pertenciam à prefeitura da cidade. Com eles foi apreendido um revólver calibre 38, seis cápsulas deflagradas, um facão e uma touca.
A ação aconteceu por volta da meia-noite, quando os indivíduos invadiram um pátio utilizado como estacionamento da Prefeitura Municipal de São Tomé e jogaram gasolina sobre diversos veículos que estavam no local. Logo após atearem fogo, os elementos efetuaram seis disparos para cima, o que chamou a atenção de pessoas que moram próximo à área.

Alguns cidadãos que residem ao lado do pátio foram até o local para tentar conter o fogo, que chegou a destruir um trator e atingiu parcialmente uma retroescavadeira. As chamas foram contidas com a ajuda de um funcionário da Prefeitura de São Tome, que utilizou um carro-pipa que estava estacionado no pátio para apagar o fogo.
A Polícia Militar foi acionada e, após diligências realizadas pelo município, foi preso em flagrante Francisco Ribeiro da Silva Júnior, 31 anos, que após ser abordado em via pública confessou a participação no crime. De acordo com o delegado de Polícia Civil Andresso Claudius, após ser detido, Júnior – como é mais conhecido - apontou os outros quatro comparsas que também teriam participado da ação.
“Não demorou muito até que a Polícia Militar conseguisse prender os cinco envolvidos no incêndio, que estão sendo autuados e deverão responder pelos crimes de atuação em organização criminosa com emprego de arma de fogo e por provocarem incêndio a patrimônio destinado a uso público”, afirmou.

Além de Francisco Ribeiro da Silva Júnior, foram presos Humberto Anderson de Moura, 24 anos, conhecido como Bugalu; Vitório Rodrigues, 34 anos, vulgo Dibora; João Marcos da Costa, 19 anos, conhecido como Madruga; e Aldemir Xavier de Lima, 20 anos. A prisão foi realizada por policiais militares dos municípios de São Tomé, São Paulo do Potengi, Ruy Barbosa e Lagoa de Velhos. Esta foi a primeira ocorrência de crime contra o patrimônio público registrada no município de São Tomé desde a última sexta-feira, quando começaram a ser registrados os primeiros ataques a prédios e veículos públicos em 21 municípios do Rio Grande do Norte.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)