Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Tá'Qui Pr'Ocês promove desfile junino em ritmo de frevo em Natal

G1 RN
A Troça Carnavalesca Mista Tá'Qui Pr'Ocês prepara um desfile junino em ritmo de frevo para se despedir do São João em 2016. Depois das prévias carnavalescas trazidas de Olinda, o Tá'Qui Pr'Ôces Pulando a Fogueira vai às ruas de Ponta Negra, em Natal, no dia 23 de julho com um diferencial: a orquestra de frevo vai tocar um repertório de músicas tradicionais do São João.
A programação começa às 14h com a abertura da Associação de Moradores dos Parques Residenciais Ponta Negra e Alagamar (Ampa) para a concentração. Até as 18h a festa será comandada pelo Forró Meirão com arrumadinho à vontade e open bar de cerveja, quentão, refrigerante e água. O ingresso custa R$ 40.

Às 18h, a Orquestra de Frevo do Maestro Oséas leva a festa para as ruas do conjunto Ponta Negra. Sem cordas, o desfile aberto ao público traz um repertório de músicas tradicionais de São João tocadas em ritmo de frevo. A Orquestra de Frevo do Maestro Oséas se apresenta tradicionalmente no carnaval e festejos juninos de Olinda e participou das duas prévias carnavalescas do Tá'Qui Pr'Ocês em Natal.
Serviço
Data: 23 de julho
Local: Associação de Moradores dos Parques Residenciais Ponta Negra e Alagamar (Ampa) - Rua Praia de Itamaracá, Ponta Negra
Horário: Concentração das 14h às 18h e desfile às 18h.
Atrações: Forró Meirão e Orquestra de Frevo do Maestro Oséas
Preço: R$ 40 (com arrumadinho, cerveja, quentão, refrigerante e água à vontade na concentração)

Vendas: Pontos físicos (Associação de Moradores de Ponta Negra, Parêa Calçados de Lona e Mahalila Café & Livros) e online (https://goo.gl/QAYJhv).

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)