segunda-feira, 18 de julho de 2016

Quinze ambulâncias do Samu ficam retidas no Clóvis Sarinho devido á retenção de macas

Tribuna do Norte
O atendimento às ocorrências por parte das equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) volta a ser prejudicado, na manhã desta segunda-feira (18), com 15 ambulâncias retidas em frente  ao Pronto Socorro Clovis Sarinho, em função do recorrente problema das macas retidas com pacientes no interior da unidade.
Das 15 ambulâncias, seis eram do Samu Natal e nove do Samu  metropolitano. Ao todo 14 eram unidades de suporte básico (USB) e uma unidade de suporte avançando (USA), que além do condutor e do técnico de enfermagem, conta também com um médico.