sexta-feira, 22 de julho de 2016

Polícia Civil vai investigar esquema de prostituição em Caicó

AgoraRN
A prisão de Diego Evangelista, o Biba, por envolvimento com roubo de joias pode revelar outro crime: um esquema de prostituição envolvendo empresários, servidores públicos e políticos na região Seridó. Segundo o delegado Ricardo Brito, Biba seria responsável por agenciar as mulheres para os encontros.
“Ele já era conhecido aqui na cidade por ser um cafetão e por conseguir intermediar garotas de luxo para pessoas da alta sociedade de Caicó, isso daí já dá indício para uma nova investigação, onde nomes de grandes pessoas da cidade estão envolvidos, inclusive temos notícias de que Biba, ele arrumava as garotas para que elas participassem de festas em chácaras e sítios aqui da região”, disse o delegado. Os programas chegavam a valer de 400 a 500 reais.