Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Pistoleiros confundem dono de bar pela roupa e matam cliente em Pilões,RN

Mossoró Hoje
O agricultor Marcondes Miranda da Costa, de 45 anos, foi assassinado por pistoleiros na noite desta terça-feira (05) dentro de um bar na cidade de Pilões, no Alto Oeste Potiguar. O alvo do ataque seria o dono do estabelecimento, que foi confundido com a vítima por causa da roupa que estava usando.
Marcondes foi alvejado com quatro tiros na cabeça e foi socorrido para o Hospital Regional de Pau dos Ferros, mas não resistiu. Os atiradores estavam em uma moto Honda Fan de cor escura.
Raniere Fernandes, chefe de investigação da Delegacia de Alexandria, contou ao jornal que o agricultor foi morto por engano. “Ele era uma pessoa boa e nunca tinha mexido com ninguém”, disse.
Os pistoleiros foram até o bar matar o proprietário, conhecido por “Chiquinho Carolinda”. Entretanto, acabaram atirando na pessoa errada por que ela estava usando a mesma roupa do dono do bar, no caso uma camiseta preta.
Raniere destacou ainda que os dois possuíam o mesmo tipo físico, e que isso pode ter contribuído para o engano.
Até o momento, o delegado Célio Fonseca, que investigará o caso, trabalha na possibilidade de vingança. De acordo com ele, um dos netos do proprietário do bar tentou matar um outro rapaz na cidade de Pilões há alguns meses atrás, mas não conseguiu.
A polícia investiga ainda a ligação com o assassinato do ex-presidiário Gilberto Oliveira, em Pau dos Ferros, no ano passado. Gilberto era parente do comerciante “Chiquinho Carolinda” e foi morto com vários tiros ao lado da rodoviária.
Imagens de câmeras de segurança ao redor do bar serão analisadas para tentar identificar os suspeitos. O delegado Célio Fonseca aguarda a chegada de familiares do agricultor Marcondes Miranda na delegacia para dá início às investigações.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)