Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Mulher é presa no RN ao tentar pegar empréstimo de R$ 11 mil na Caixa

G1 RN
A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (18), em São José de Mipibú, cidade Metropolitana da capital potiguar, uma natalense de 22 anos suspeita de tentar obter um empréstimo consignado no valor de R$ 11 mil utilizando-se de documentação falsificada. A mulher foi presa em flagrante quando se encontrava no interior de uma agência da Caixa Econômica Federal.
Segundo a PF, dadas as características dos documentos apresentados, tais como a cédula de identidade expedida recentemente e o tipo de benefício requerido (pensão por morte) – além do fato desse estar vinculado a um outro município – levantou-se a suspeita de que a transação poderia se tratar de uma fraude. Assim, quando a mulher foi à agência para receber o dinheiro, uma equipe da PF já estava esperando por ela.
Ao ser abordada, a suspeita mostrou-se visivelmente nervosa e, na rápida entrevista a que foi submetida, apresentou três cidades distintas como sendo o seu local de nascimento, além de ter caído em contradição em várias outras perguntas. “Desmascarada, a acusada recebeu voz de prisão e foi conduzida para autuação na superintendência da PF, em Natal”, acrescentou a PF.
Durante depoimento, a mulher confessou que se utilizava dos dados de uma pensionista do INSS, mas perguntada sobre como obteve a documentação, quem seriam os seus comparsas e qual a porcentagem que teria direito caso houvesse recebido o empréstimo, reservou-se ao direito constitucional de permanecer calada.
Indiciada nos crimes de estelionato, falsa identidade e uso de documento falso, ela encontra-se custodiada na sede da PF, onde permanece à disposição da Justiça.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)