terça-feira, 5 de julho de 2016

Kelps Lima critica aumento de 24% nos assassinatos que ocorre no RN; Governo Robinson exonera coordenador das estatísticas

Heitor Gregório
As estatísticas da violência no Rio Grande do Norte entraram na pauta de pronunciamento do deputado Kelps Lima (Solidariedade), durante sessão ordinária desta terça-feira (5), na Assembleia Legislativa. O parlamentar destacou o aumento de 24% nos assassinatos que acontecem no Estado e cobrou medidas do Governo para conter a insegurança e, na ocasião, lamentou a demissão do especialista em segurança e responsável pelas estatísticas do Estado, Ivênio Hermes.
“Vamos continuar fiscalizando de perto as estatísticas de violência do Estado. Eu espero que a demissão do especialista e profissionais capacitados não seja a medida adotada pelo governador para diminuir os números da insegurança no Rio Grande do Norte. Com Ivênio os números são verdadeiros e espero que continue assim”, disse Kelps.
O deputado ressaltou que Fortaleza e Natal são as cidades mais violentas do Brasil e chamou a atenção para as fugas no sistema penitenciário dizendo que o Governo prometeu 1,2 mil vagas e já foram contabilizadas 500 fugas. “O povo não sabia que as novas vagas seriam através de fugas e sim por meio de uma gestão de qualidade”.
Ao final do pronunciamento, Kelps Lima falou que o caminho para combater a insegurança e a violência é investir em políticas públicas, escolas e Saúde funcionando, além de ruas iluminadas.