sexta-feira, 15 de julho de 2016

Herbalife pagará multa de US$ 200 milhões e reestruturará operações

Jornal Floripa
A Herbalife terá de pagar uma multa de US$ 200 milhões e reestruturar totalmente suas operações nos Estados Unidos, de acordo com acordo firmado com reguladores federais americanos que investigavam a acusação de práticas enganosas. Mas a empresa se livrou de acusações mais sérias, como a de operar sob esquema de pirâmide financeira. Com o acordo, a Comissão Federal de Comércio encerra uma investigação sobre a Herbalife.
A empresa, com sede nas Ilhas Cayman, concordou em reestruturar totalmente suas operações nos EUA e pagar multa de US$ 200 milhões A Herbalife terá de reformular seu sistema de compensação para que as vendas no varejo sejam recompensadas, assim como cortar incentivos que premiavam distribuidores ao recrutar pessoas para o grupo. Em 2014, a Herbalife anunciou que estava sendo investigada pelo órgão regulador americano por possíveis “práticas enganosas”. A empresa anunciou nesta sexta-feira que o acordo não muda seu modelo de negócio de venda direta. A Herbalife também pagará US$ 3 milhões em um acordo separado para encerrar uma investigação de Illinois. Próxima Herbalife pagará multa de US$ 200 milhões e reestruturará operações