Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Filho mata pai em briga por cartão do Bolsa Família e é morto pelo irmão

Portal G1 BA
Uma briga familiar acabou na morte de pai e filho no município de Condeúba, no sudoeste da Bahia, no início da noite de terça-feira (26). De acordo com o delegado Arilano Botelho, que investiga o caso, Josimar de Sousa Santos matou o pai com uma facada e foi atingido a paulada pelo irmão, que é menor de idade e tentou defender o pai. Ambos os agredidos foram socorridos para unidades médicas da região, mas não resistiram aos ferimentos.
Com base em apurações preliminares, Botelho afirma que a tragédia ocorreu após uma discussão relacionada a um cartão do programa Bolsa Família.
"Em princípio, colhidas as primeiras informações, Josimar teria furtado o cartão de Bolsa Família [da casa]", detalhou. Irritado após questionamento, ele atingiu o pai com uma facada. Geraldo Moura dos Santos foi encaminhado para um hospital do município, mas já chegou ao local sem vida.
Durante a confusão, Botelho detalha que o agressor foi atingido a paulada pelo irmão, que tentou defender o pai. Gravemente ferido, Josimar foi encaminhado para um hospital do município de Vitória da Conquista, a cerca de 160 quilômetros de Condeúba, onde também faleceu. O delegado acrescenta que ele apresentava indícios de problemas psicológicos.
A tragédia familiar chocou os moradores de Condeúba, município com cerca de cerca de 18 mil habitantes. Por conta da comoção, Botelho afirma que os familiares ainda não foram ouvidos no depoimento.
Sobre o adolescente, que matou o irmão ao tentar defender o pai, o delegado destaca que não há indiciamento criminal previsto até o momento. "Vamos ouvir a família para identificar a trajetória criminal dele. Ele pode ter um excludente de ilicitude [quando provas justificam legítima defesa, por exemplo]", alerta.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)