Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Estudo revolucionário mostra como os gases no seu intestino afetam sua saúde física e mental

Super Interessante
Serião: cientistas da Universidade Estatal de Moscou acabam de publicar um extenso estudo, quiçá o mais completo já feito sobre o tema, sobre o que os puns fazem por você. E, provando que é mito que os russos não tenham senso de humor, o título do comunicado à imprensa é: “O peido misterioso”.
O que está em questão não é o que os gases fazem ao sair sonoramente do organismo – isso provavelmente é assunto para cientistas sociais, não bioquímicos. Os cientistas russos estudaram o efeito sistêmico que as substâncias no pum causam sobre células do corpo. Isso porque, explicam, a maioria das moléculas é absorvida pela corrente sanguínea e acaba expelida pelos pulmões (faça o que quiser com essa informação).
A essas moléculas, eles chamaram de “gasotransmissores” – e elas podem causar desde depressão a ataques epiléticos. “Nosso cérebro usa gases como sulfeto de hidrogênio, amônia e mesmo monóxido de carbono para transmitir informações entre as células”, afirma Alexander Oleskin, condutor do estudo. “Bactérias que habitam nosso corpo também formam gasotransmissores que afetam nosso cérebro, mente e comportamento.”
Uma bufa, cortesmente somos informados pelos cientistas, contém principalmente nitrogênio, hidrogênio, oxigênio, metano, dióxido de carbono e sulfeto de hidrogênio. Uma pessoa produz até 1400 ml de gases no intestino por dia. A única coisa com cheiro é o sulfeto de hidrogênio, que é uma fração ínfima do conteúdo (0,00028%), contra até 50% de hidrogênio e 10% de metano – ambos altamente inflamáveis, que os torna responsáveis por muitos vídeos memoráveis e de muito bom gosto na internet.
Em menores quantidades está o óxido nitroso (NO), o famoso nitro dos carros tunados. Ele é produzido em parte pelas próprias células do organismo, e atua no sistema imunológico, cardiovascular e como um neurotransmissor, com funções relacionadas ao aprendizado. Num estudo em ratos, a deficiência desse composto causou hiperatividade motora e sexual e depressão de longo prazo (quem sabe pela falta de uma fonte certeira de risadas).
O fedorento sulfeto de hidrogênio (H2S), se em quantidade insuficiente, está relacionado a desordens psiquiátricas e epilepsia. Portanto, fique alerta se o seu pum não tem cheiro – pode ser sintoma de um sério problema neurológico. Curiosamente, em pacientes com Síndrome de Down, ele é produzido em quantidade extra.
Por fim, a amônia (NH3), outra substância em concentrações ínfimas, pode causar inflamação no cérebro se em concentrações excessivas.
O professor Oleskin explica a importância do achado. “Possivelmente, nossas descobertas serão implementadas na prática médica e psiquiátrica. Elas servirão para o tratamento e prevenção de doenças neuropsiquiátricas (incluindo depressão, agressividade e outras), usando gasotransmissores microbiais. Me parece plausível, por exemplo, que tentar normalizar o conteúdo de amônia com a ajuda de bactérias introduzidas no corpo seja um possível tratamento futuro.”
Quem vai duvidar? Oleskin acaba de provar que peido é saúde.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)