sábado, 30 de julho de 2016

Colisão entre ônibus e carro deixa dois mortos e quatro feridos no Ceará

Portal G1 CE
Duas pessoas morreram na manhã deste sábado (30) em um acidente envolvendo um carro e um ônibus na rodovia BR-116, no município de Milagres, interior do Ceará. Outras quatro pessoas ficaram gravemente feridas na colisão, que ocorreu por volta das 4h.
Segundo a Polícia Militar da cidade, um ônibus de viagens da empresa Guanabara, que fazia o trajeto Fortaleza-Juazeiro do Norte, colidiu de frente com uma pick-up Strada, que seguia no sentido contrário. O motorista do carro e um passageiro morreram na hora. Um terceiro ocupante do automóvel ficou preso às ferragens com graves ferimentos.
Devido a colisão, o ônibus tombou em um barranco às margens da rodovia. Três ocupantes do veículo tiveram fraturas expostas.
Equipes de salvamento do Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram enviadas ao local. Os bombeiros precisaram utilizar uma serra para cortar as ferragens da pick-up e retirar o passageiro ferido.
O homem foi levado em estado grave de saúde para o Hospital Regional do Cariri. Os três passageiros do ônibus foram socorridos pelo Samu e levados a hospitais da região.
Devido o acidente, a pista precisou ser parcialmente bloqueada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para retirada do veículo. As identificações das vítimas não foram divulgadas, e as causas do acidente ainda são desconhecidas pela polícia.
A Guanabara lamentou o acidente envolvendo um dos seus veículos e disse que está prestando apoio aos passageiros feridos. Segundo a empresa, informações colhidas preliminarmente no local do acidente apontaram que o carro de passeio entrou na pista contrária e colidiu com o ônibus.
Em nota, a Guanabara acrescentou que deslocou equipes de Juazeiro do Norte para dar todo suporte necessário aos passageiros. No momento do acidente, havia 40 pessoas a bordo do veículo, que, segundo a empresa, trafegava dentro da velocidade permitida na via.
A Guanabara ressaltou que está realizando uma apuração interna e que aguarda o laudo da PRF para concluir as possíveis causas do acidente.