Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Vereadora Mossoroense denuncia que votos serão comprados com droga e dinheiro falso

Mossoró Hoje -  A vereadora Izabel Montenegro (PMDB), conhecida pela sua postura firme e por protagonizar debates calorosos na Câmara Municipal de Mossoró (CMM), utilizou suas redes sociais para fazer graves denúncias sobre o processo eleitoral que se avista.
A parlamentar afirmou que uma das práticas ilegais já registradas refere-se à transferência de títulos eleitorais de Mossoró para outros municípios, viabilizada por pré-candidatos de cidades vizinhas, que teriam pago para que essa transferência ocorresse.
“As eleições de 2016 se aproximam, já estamos vendo muitas movimentações nos bastidores, nomes novos aparecendo como opção a Câmara Municipal de Mossoró, muitos cabos eleitores e donos de partidos se leiloando. É sempre assim, os mesmos modus operandi, o primeiro já realizaram com sucesso, alguns candidatos de cidadezinhas vizinhas pagaram para transferir títulos de Mossoró para seus Municípios, haja vista lá se elegerem com 300 votos”, denunciou a vereadora.
Izabel disse ainda que “outros golpes virão”: “trocar droga por votos, fabricar cheques reformas falsos, fabricar dinheiro falso para comprar votos, no dia da eleição, e o uso do dinheiro público para bancar determinadas e ‘privilegiadas’ candidaturas”, relatou.
Segundo a parlamentar mossoroense, a justiça eleitoral tem uma importante missão, que é “tentar coibir práticas nefastas, porém quem pode acabar definitivamente com isso é você caro eleitor. Procure analisar o desempenho do mandato dos atuais Vereadores, o testemunho de vida de cada um, procurem saber quem são esses novos, que as vezes batem as suas portas denegrindo a imagem dos atuais sem dizer o que desejam fazer de seus possíveis mandatos”, pontuou Izabel.
Por fim, Izabel Montenegro destacou que alguns postulantes a vereador querem apenas o “status” e o salário do cargo. “O que os atuais fazem vocês podem acompanhar, o que alguns que nunca prestaram serviço ao seu Município, nunca sequer trabalharam é um tiro no escuro. Atenção! Geralmente, alguns, querem apenas ter o status e o salário de Vereador. Pensem!!”, concluiu.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)