sábado, 28 de maio de 2016

Secretário de Segurança do RN vai a local de morte após guerra de facções

G1 RN - O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Ronaldo Lundgren, desceu as escadarias e caminhou entre becos e vielas da comunidade Novo Horizonte, mais conhecida como 'Favela do Japão', na Zona Oeste de Natal. Foi na noite desta sexta-feira (27), logo após uma intensa troca de tiros envolvendo facções criminosas que disputam o tráfico de drogas na região. Um homem morreu.
Usando colete à prova de balas e escoltado por policiais militares, Lundgren foi até onde estava o corpo e falou sobre o conflito. “Ela (a PM) entrou no local, conseguiu interromper a disputa entre duas facções e está controlando a área. Então esse é o nosso trabalho. É o trabalho que a polícia vem fazendo todo dia. Então a população fique tranquila que a polícia está agindo e vai continuar agindo para manter a paz”, afirmou o secretário.

Ainda na noite desta sexta, logo após o confronto, uma fotografia que mostra sete armas de fogo começou a circular nas redes sociais. A imagem foi atribuída ao conflito ocorrido na 'Favela do Japão'. Com carregadores de pistola e munições, foram formadas palavras que pode-se entender como: 'RN MISSÃO JAPÃO'.

General de Brigada do Exército brasileiro, Ronaldo Pierre Cavalcanti Lundgren assumiu a Sesed no dia 13 deste mês. Ao tomar posse, disse que a segurança pública no Rio Grande do Norte passou um período sem receber a atenção devida. Apesar disso, afirmou que encara com otimismo a nova missão. “Eu vejo que as forças policiais do RN vêm cumprindo a missão e o cidadão que mora aqui deve ter um orgulho muito grande", ressaltou. Foi ele quem comandou, em 2014, a ocupação do Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.