Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Grupo é preso por aplicar vacina falsa contra H1N1

G1 MS - Três irmãos libaneses e um brasileiro foram presos em Naviraí, município distante 350 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, na noite de sexta-feira (20), por montarem uma clínica clandestina para aplicar vacina contra H1N1 comprada do Paraguai.
Segundo a Polícia Federal, grupo cobrava até R$ 250 por dose. As supostas vacinas foram adquiridas na cidade paraguaia de Salto del Guairá. A polícia investiga se eles tiveram ajuda de um quarto libanês que mora na cidade, que fica na fronteira com o Brasil.
Segundo o item VI do art. 273 do Código Penal, está sujeito a penalidades aqueles que importa, vende, expõe à venda, tem em depósito para vender ou, de qualquer forma, distribui ou entrega a consumo o produto medicinal adquiridos de estabelecimento sem licença da autoridade sanitária competente.
Na casa dos irmãos, foram encontradas dezenas de seringas, muitas usadas, e vários frascos cheios do que seria a vacina contra a influenza. No local, também foram encontradas armas, munições e silenciadores.
O material apreendido foi encaminhado para Campo Grande e vai passar por uma perícia, que vai identificar se os frascos continham mesmo vacina ou se era outra substância.
Naviraí teve 13 casos de H1N1 confirmados na última semana e quatro mortes foram registradas por causa da doença. As escolas estaduais, municipais e particulares anteciparam as férias dos alunos e o hospital da cidade suspendeu as visitas por 20 dias. Com medo, a população passou a usar máscaras nas ruas.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)