domingo, 29 de maio de 2016

Gorila é morto após menino de 4 anos entrar em jaula

O Globo - Um gorila foi morto após um menino de 4 anos entrar na jaula onde ele era mantido num zoológico em Cincinatti, no Ohio, nos Estados Unidos.
Segundo a agência de notícias Reuters, o menino, que não foi identificado, teria engatinhado e passado sob a barreira, caindo em seguida cerca de 3,5 metros até o chão da área onde são mantidos os gorilas no Jardim Zoológico e Botânico de Cincinatti.
O menino não teria se ferido na queda, mas, já no chão, foi puxado por Harembe, um gorila de 17 anos e 180 quilos, que o arrastou pelo chão por cerca de 10 minutos. Em entrevista coletiva, o diretor do zoo, Thayne Maynard, disse que não teve escolha.
"Tomaram uma decisão difícil e fizeram o certo, porque salvaram o menino. Podia ter sido muito pior", disse ele. A criança foi ferida ao ser arrastada e está internada. As primeiras informações são de que ele não corre risco de morrer.
O diretor lamentou a morte de Harembe, que estava em Cincinatti há cerca de dois anos, vindo de um zoológico no Texas, onde nasceu.
"Estamos todos devastados com esse acidente trágico que resultou na morte de um animal em risco de extinção. É uma grande perda para a família do zoolígico e para população de gorilas no mundo", disse em um comunicado.
Maynard disse que não parecia que o gorila estava atacando a criança, mas afirmou que se tratava de um animal "extremamente forte em situação agitada" e que o tranqulizante demoraria muito para fazer efeito, e que, geralmente, os animais se agitam antes de fazer efeito.
"É um dia muito triste aqui, mas mão havia escolha, tivemos que atirar", disse Maynard aos repórteres. Estão ilesas duas gorilas fêmeas que também estavam na área fechada.