terça-feira, 31 de maio de 2016

Evangelho do Dia/Santo do Dia

31 de maio de 2016 – CNBB
1ª Leitura - Sf 3,14-18
O rei de Israel, o Senhor, está no meio de ti.
Leitura da Profecia de Sofonias 3,14-18
14Canta de alegria, cidade de Sião;rejubila, povo de Israel!Alegra-te e exulta de todo o coração,cidade de Jerusalém!
15O Senhor revogou a sentença contra ti,afastou teus inimigos;o rei de Israel é o Senhor, ele está no meio de ti,nunca mais temerás o mal.
16Naquele dia, se dirá a Jerusalém:"Não temas, Sião,não te deixes levar pelo desânimo!
17O Senhor, teu Deus, está no meio de ti,o valente guerreiro que te salva;ele exultará de alegria por ti,movido por amor;exultará por ti, entre louvores,
18como nos dias de festa.Afastarei de ti a desgraça,para que nunca mais te cause humilhação".
Palavra do Senhor.
Salmo - Is 12,2-3.4bcd.5-6 (R.6b)
R. O Santo de Israel é grande entre vós.
2Eis o Deus, meu Salvador, eu confio e nada temo; +
o Senhor é minha força, meu louvor e salvação. *
3Com alegria bebereis do manancial da salvação. R.
4be direis naquele dia: "Dai louvores ao Senhor, +
4cinvocai seu santo nome, anunciai suas maravilhas, *
4dentre os povos proclamai que seu nome é o mais sublime R.
5Louvai cantando ao nosso Deus, que fez prodígios e portentos, *
publicai em toda a terra suas grandes maravilhas!
6Exultai cantando alegres, habitantes de Sião, *porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!”R.
Evangelho - Lc 1,39-56
Como posso merecer que a mãe do meu Senhor venha visitar-me?
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,39-56
39Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa,dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judéia.
40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.
41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria,a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42Com um grande grito, exclamou:"Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!"
43Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar?
44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre.
45Bem-aventurada aquela que acreditou,porque será cumprido, o que o Senhor lhe prometeu".
46Maria disse:"A minha alma engrandece o Senhor,
47e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
48pois, ele viu a pequenez de sua serva,eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita.
49O Poderoso fez por mim maravilhas e Santo é o seu nome!
50Seu amor, de geração em geração,chega a todos que o respeitam.
51Demonstrou o poder de seu braço,dispersou os orgulhosos.
52Derrubou os poderosos de seus tronos e os humildes exaltou.
53De bens saciou os famintos despediu, sem nada, os ricos.
54Acolheu Israel, seu servidor,fiel ao seu amor,
55como havia prometido aos nossos pais,em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre".
56Maria ficou três meses com Isabel;depois voltou para casa.
Palavra da Salvação.
SANTO DO DIA
Visitação de Nossa Senhora, a mãe do nosso Salvador
A Palavra de Deus nos convida a proclamarmos bem-aventurada aquela que, por aceitar Jesus, também se abriu à necessidade do outro.
Sabemos que Nossa Senhora foi visitada pelo Arcanjo Gabriel com esta mensagem de amor, com esta proposta de fazer dela a mãe do nosso Salvador. E ela aceitou. E aceitar Jesus é estar aberto a aceitar o outro. O anjo também comunicou a ela que sua parenta – Santa Isabel – já estava grávida. Aí encontramos o testemunho da Santíssima Virgem – no Evangelho de São Lucas no capitulo 1, – quando depois de andar cerca de 100 km ela encontrou-se com Isabel.
Nesta festa, também vamos descobrindo a raiz da nossa devoção a Maria. Ela cantou o Magnificat, glorificando a Deus. Em certa altura ela reconheceu sua pequenez, e a razão pela qual devemos ter essa devoção, que passa de século a século.
“Porque olhou para sua pobre serva, por isso, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações.” (Lucas 1,48)
A Palavra de Deus nos convida a proclamarmos bem-aventurada aquela que, por aceitar Jesus, também se abriu à necessidade do outro. É impossível dizer que se ama a Deus, se não se ama o outro. A visitação de Maria a sua prima nos convoca a essa caridade ativa. A essa fé que se opera pelo amor. Amor que o outro tanto precisa.
Quem será que precisa de nós?
Peçamos a Virgem Maria que interceda por nós junto a Jesus, para que sejamos cada vez mais sensíveis à dor do outro. Mas que a nossa sensibilidade não fique no sentimentalismo, mas se concretize através da caridade.
Virgem Maria, Mãe da visitação, rogai por nós!