quarta-feira, 4 de maio de 2016

Após 17 meses como Governador, Robinson decide buscar o apoio da Bancada Federal e relata dificuldades do RN

O governador Robinson Faria (PSD), após 17 meses no exercício do cargo, procurou o apoio da bancada federal do Estado e se reuniu nesta quarta-feira (04), em Brasília, com os parlamentares. Prestigiaram o encontro ocorrido no apartamento do seu filho e deputado federal Fábio Faria (PSD), os senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (PMDB), mais os deputados federais Antônio Jácome (PTN), Beto Rosado (PP), Felipe Maia (DEM), Rogério Marinho (PSDB), Rafael Motta (PSB), Walter Alves (PMDB) e Zenaide Maia (PR).
O ex-ministro Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, também acompanhou a reunião, bem como o deputado estadual Dison Lisboa (PSD), líder do Governo Robinson na Assembleia Legislativa. A senadora Fátima Bezerra (PT) justificou a ausência, pois participava da sessão no Senado Federal da comissão que analisa o pedido de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff (PT).
Os senadores e deputados, ouviram do governador um pedido de desculpas por nunca terem sido procurados. Após isso, Faria fez um relato breve da grave dificuldade que passa o Rio Grande do Norte em diversas áreas, com ênfase maior na financeira. Pediu união para a conquista do HUB da TAM e para a liberação do empréstimo junto ao Banco do Brasil, viabilizado ainda na gestão de Rosalba.Heitor Gregório