sexta-feira, 8 de abril de 2016

Zelador que depôs sobre visita de Lula a triplex no Guarujá é demitido

G1 SANTOS - O zelador do edifício Solaris, em Guarujá, onde fica o apartamento que investigadores da Operação Lava Jato suspeitam ser de propriedade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi demitido nesta quinta-feira (7) em Guarujá, no litoral de São Paulo. José Afonso Pinheiro afirma que a demissão ocorreu devido ao fato de ele ter prestado depoimento ao Ministério Público de São Paulo, que também investigou o imóvel.
Na ocasião, o zelador disse aos promotores ter visto Lula e a ex-primeira dama, Marisa Letícia, no imóvel durante a reforma do triplex número 164, em 2015. O depoimento ocorreu em outubro passado. O zelador conta ter sido demitido sem justa, e se diz surpreso. "[A demissão] tem tudo a ver com o depoimento. Chegaram até mesmo a me dizer que eu falava demais. Nem ao menos os moradores sabiam da minha demissão", afirma. "Falar a verdade no nosso país é errado. Você tem que se omitir. Apenas falei a verdade e infelizmente acabei sendo premiado com uma demissão”. O síndico do edifício Solaris foi procurado, mas não se manifestou até a publicação desta reportagem. O ex-presidente Lula nega ser proprietário do imóvel.