Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Quadrilha de pistoleiro presa no Seridó era comandada por garota de 17 anos

Mossoró Hoje - A Polícia Militar da região Seridó acredita que conseguiu desbaratar quadrilha responsável por pelo menos seis homicídios ocorridos nos últimos 20 dias na região da Serra de Santana.
A última vítima do bando criminoso, segundo informa a Polícia Militar de Jucurutu, foi o vigilante Tony Ramos da Silva, o Raminho, de 36 anos, sábado, 9, na cidade de Florânia.
Neste caso, Raminho (foto) estava na casa de um amigo quando dois homens numa moto chegaram rapidamente e abriram fogo, não restando nenhuma chance de defesa da vítima.
Ainda foi socorrido com vida, mas morreu dentro da ambulância quando era transferido para Natal. Velório e sepultamento devem acontecer no final da tarde deste domingo, 10, em  Florânia.
E foi a partir deste crime que, com ajuda da população, que a Polícia Militar tomou conhecimento do envolvimento de um jovem conhecido por “Valerinho” na noite deste sábado, 9.
Na realidade, “Valerinho”, com ajuda da população, foi localizado pela Polícia Militar e preso. Trata-se de Valério Miranda da Silva, de 18 anos. Ele confessou tudo.
O suspeito estava com a moto e as roupas usadas pelos pistoleiros para matar o vigilante Raminho, por volta das 20h deste sábado, 9, em Florânia. “Valerinho” entregando todos os outros cinco envolvidos na morte de Raminho, que foram presos, um a um, pelos policias das cidades de Jucurutu, Florânia e Tenente Laurentino Cruz. São eles:
José Maciel da Silva, 25 anos;
Pedro Roberto da Costa, vulgo “Pedrinho de Tenente”, 22 anos;
Felipe Wagner de Souza Araújo, vulgo “Guido”, 22 anos;
Valério Miranda da Silva, vulgo “Valerinho”, 18 anos;
Dedo do Carão (ainda não identificado oficialmente)
A líder do bando, conforme o que foi apurado até agora pela Polícia Militar, é uma menor de 17 anos, a qual não podemos citar nomes ou qualquer informação que a identifique.
Inclusive teria sido esta menor que ordenou a morte do vigilante Raminho, segundo “Dedo do Cão”, porque Raminho ajudava o trabalho da Polícia contra as drogas.
Segundo os policiais militares que participaram da operação, a morte de Raminho foi planejada na casa de José Maciel. As funções foram divididas entre os membros da quadrilha.
Pedrinho e Tenente e Guido são os pistoleiros que executaram o vigilante Raminho, assim como outras vítimas 4 Florânia e um em Tenente Laurentino Cruz nos últimos 20 dias.
“Dedo do Carão” ficou responsável por dá fim a moto e as roupas usadas pelos pistoleiros na morte de Raminho, mas não conseguiu fazê-lo a tempo. A PM o prendeu antes.
A menor e os outros quatro presos foram levados para a Delegacia Regional de Caicó para, na manhã deste domingo, 10, para serem autuados em flagrante pelo homicídio de Raminho.
Caberá a Polícia Civil investigar o envolvimento do bando criminoso nos outros 4 homicídios ocorridos Florânia e em um ocorrido em Tenente Laurentino Cruz no período de 19 de março a 9 de abril deste ano. Todos estes casos já estão com inquéritos abertos.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)