Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Morador denuncia descaso na Delegacias Militar em Serrinha/RN

VNT - Nas redes sociais, a delegacia da Polícia Militar da cidade de Serrinha, Agreste do Rio Grande do Norte, é alvo de denúncia devido as péssimas condições na estrutura do prédio da unidade policial.  Em uma página no facebook foi postado uma foto e o seguinte texto: "o que dizer em uma situação dessa?... Segurança, será que tem?... a imagem responde qual quer pergunta".
Em outra página no facebook o autor denuncia postando várias fotos e em texto afirma que o prédio está em ruínas: "#‎Denúncia: Como bem diz um apresentador de telejornal: "isso é uma vergonha". O destacamento policial militar de serrinha estar em ruínas, caindo, desabando. E o pior, colocando em risco a integridade física dos policiais que lá trabalham. Algo precisa ser feito ou então vai terminar todo o efetivo que lá trabalham saindo, ficando a sociedade serrinhense sem segurança pública".
A denuncia também foi feita por um morador do município de Serrinha ao blog Dede Camilo,  o mesmo reclama do atendimento e das condições estruturais do prédio onde fica localizado o posto policial da cidade. De acordo com o morador, que preferiu não quis se identificar, no local trabalham militares que se revezam para tentar atender a demanda da população.
"É complicado, o local está quase desabando, quando chove cai água dentro da delegacia, lá não tem estrutura. Dá até para arrombar e entrar no prédio. Se forçar a janela entra fácil, pois as portas não têm segurança. Há infiltração por toda parte, quando chove entra água no prédio e isso atrapalha o atendimento à população", denuncia o morador.
As imagens falam por si só,  o prédio da delegacia de Serrinha, RN se encontra em  total abandono, com a estrutura precária, muros externos caídos, o que deixa a unidade policial sem nenhuma segurança. Veja:

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)