quinta-feira, 7 de abril de 2016

Impeachment: outdoors são espalhados para pressionar deputados

Jornal Mossoró Hoje - Mossoroenses contrários ao governo petista, com apoio dos Movimento Brasil Livre Mossoró (MBL) e Vem Pra Rua, entidades responsáveis pelos manifestos contra o governo, instalaram em alguns pontos da cidade outdoors com as fotos de parlamentares federais que estariam a favor, contra ou indecisos em relação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).
Segundo o MBL, as ações que estão sendo feitas fazem parte da Operação Minerva, lançada em nível nacional para mapear e pressionar os deputados que se posicionam contra ou estão indecisos em relação ao impeachment da presidente. A iniciativa contou com voluntários na arrecadação do dinheiro.
"Mossoró foi uma cidade que visivelmente sofreu e sofre os efeitos da crise, basta ver as lojas que fecharam no shopping, ver as empresas que saíram daqui graças a redução das operações da Petrobras. Então por Mossoró e pelo Brasil, o MBL vai continuar agindo, continuaremos com as campanhas visuais, nos outdoors, nas ruas", destacou Bia Nobrega, coordenadora estadual do MBL.
No outdoor aparecem com posicionamento a favor do impeachment os deputados Rogério Marinho (PSDB), Walter Alves (PMDB), Antônio Jacome (PTN) e Felipe Maia (DEM). Contrários à saída da presidente estão Zenaide Maia (PR) e Fábio Faria (PSD). A ala dos indecisos é composta por Beto Rosado (PP) e Rafael Motta (PSB).
Para ser aprovado, o documento elaborado pelos juristas Miguel Reale Jr, Helio Bicudo e Janaína Paschoal precisa de 342 votos de um total de 513 deputados federais. Para arquivar o processo, o governo de Dilma precisa do apoio de 171 deputados, entre votos a favor, faltas e abstenções.
"No dia 17, se for confirmado como data pra votação do impeachment, estamos organizando uma mobilização para que todos os interessados possam assistir ao vivo a sessão da Câmara, sobre isso lançaremos mais informações em breve", finaliza Bia Nobrega.