quinta-feira, 7 de abril de 2016

Bandidos se passam por Padre Nunes em Natal

G1 RN - Um criminoso vem usando as redes sociais, por meio de um WhatsApp falso com o nome do padre Antônio Nunes Araújo – um dos mais identificados com os católicos potiguares – para aplicar golpes. Os alvos são políticos e empresários. “Ele manda mensagens como se fosse eu. Diz que está ajudando crianças e jovens com leucemia e pede dinheiro”, afirmou o religioso.
Padre Nunes disse ao G1 que procurou a polícia na última sexta-feria (1º) e registrou queixa. "Não sei quantas pessoas já foram vítimas, mas muita gente tem me procurado a respeito. O último foi um deputado estadual, que disse ter recebido minha mensagem. A pessoa que criou esse perfil falso manda uma mensagem dizendo que eu preciso falar, e quando o político ou o empresário recebe o recado e retorna, recebe uma outra mensagem dizendo que eu estou em reunião com Dom Jaime e pede para me ligar em um outro número, que seria o meu celular particular. É quando acontece o golpe. A pessoa diz que existe uma criança com leucemia que necessita tomar quatro injeções, e que eu já teria conseguido três. Para comprar a última, o golpista pede dinheiro. A quantia varia", relatou.