quarta-feira, 2 de março de 2016

O bundalelê do PSDB em São Paulo

As prévias do PSDB, quem diria, acabaram na sarjeta. Inspirados no modelo americano, os tucanos organizaram uma eleição para definir quem concorrerá à Prefeitura de São Paulo. O partido prometeu uma aula de democracia interna, mas entregou uma pancadaria de filme pastelão. Seja quem for o vencedor, a disputa será lembrada pelo militante que, além da compostura, perdeu as calças no dia da votação. A briga que deixou o tucano de cueca é um retrato fiel do vexame das prévias. Além do bundalelê, a eleição produziu acusações de uso da máquina e compra de votos. Mais do que isso, expôs o abismo que separa Geraldo Alckmin do grupo de José Serra e Fernando Henrique Cardoso.