Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Lula: "Sou a única pessoa que poderia incendiar este país"

Em 9 de março, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu ajuda a Vagner Freitas, presidente da CUT, para tomar uma decisão importante - segundo a PF, Lula queria consultá-lo sobre o plano de assumir um ministério no governo Dilma. Na conversa, interceptada pela Polícia Federal, o ex-presidente fala sobre as consequências da ofensiva da PF e do Ministério Público: "Hoje eu disse para os senadores: 'Eu não quero incendiar o país!' Eu sou a única pessoa que poderia incendiar esse país... E eu não quero fazer como Nero, sabe? Não quero! Sou um homem de paz, tenho família".


Lula: Alô!
Vagner: Tudo bem?
Lula: Querido companheiro! Tudo bem?
Vagner: Tudo...
Lula: Desculpe eu não ter chegado a tempo, bicho... Para te atender...
Vagner: Eu estou a sua disposição...
Lula: Porque demorou para caralho, o avião... Quase duas horas... Uma hora só em SÃO PAULO sobrevoando por causa da chuva...
Vagner: É foda, né meu?
Lula: Deixa eu te falar uma coisa querido: Nós vamos ter a reunião amanhã, correto?
Vagner: Vamos.
Lula: Vai estar você, vai estar a GEOVANA, vai estar o RAFAEL, né?
Vagner: Isso.
Lula: Eu queria uma hora e escapar com você... Queria conversar uma meia hora com você... Sabe?
Vagner: Comigo só ou com...
Lula: Pode ser com eles "junto"... Porque eu tive muita conversa importante hoje... Muita coisa na minha cabeça...
Vagner: Eu quero te ajudar a decidir... Eu quero te ajudar a....
Lula: Muita indecisão.... Muita.... Muita compreensão do momento em que estamos vivendo... Eu quero compartilhar isso...
Vagner: Eu também queria conversar com você...
Lula: E a pessoa lá tem muita pressa, muita pressa.... Muita pressa, muita pressa, muita pressa... Tá assim uma coisa de desespero...
Vagner: Tá, legal... Mas a gente tem que pensar direitinho o que a gente vai fazer...
Lula: Eu sei, eu sei... Eu sei querido...
Vagner: Amanhã a gente foge meia "horinha" para conversar...
Lula: Tá bom, meu irmão... Tá bom... Por enquanto obrigado... Eu nem te agradeci... O ato nos bancários foi muito bom...
Vagner: (Risadas) "Tamo" junto cara, eu já falei que você não está sozinho... Você lidera um povo todo, meu... "Tamo" junto, meu!
Lula: Foi muito bom... Mas ele vão continuar com a "filha-da-putice"...
Vagner: Você viu agora aí?
Lula: Porque... O que esse cara fez agora é uma "cretinice"... Não tem nenhuma validade... Ele disse que ia fazer isso em JANEIRO. Sabe? Então, nós temos que ter paciência, querido, porque eles... Eles fizeram merda para caralho e não tem como enfiar a viola no saco...
Vagner: Pois é....
Lula: Eu preciso ficar tranquilo para não...
Vagner: Isso... Fica tranquilo...
(A ligação é interrompida e retomada na sequência)
Lula: Viu meu querido?
Vagner: Oi meu querido...
Lula: É muita tranquilidade... Eu acho que o ato "deles" de domingo não vai ser tão forte.
Vagner: Eu também acho que não...
Lula: Sabe?
Vagner: É que hoje está um dia meio conturbado para a gente, viu querido?
Lula: Por quê?
Vagner: Os advogados vieram aqui, conversaram, foram na minha casa, foram falar comigo e com a EDUARDA... Sobre a possibilidade de uma batida policial no SINDICATO, na CUT... Tá?
Lula: Mas tudo isso... É o seguinte, VAGNER... Tudo isso que foi exagero deles, termina sendo um benefício para nós.
Vagner: "Uhumm". Eu sei.
Lula: Esquema de pessoas na CUT... Não deixar a CUT sozinha... Sabe?
Vagner: Tá legal.
Lula: Acho que tem que ter um pouco de... É o seguinte: Se eles puderem acabar com o PT, acabar com a CUT e acabar comigo, eles acabam com tudo.
Vagner: Agora eles vão ter que brigar muito, hein?
Lula: Hã?
Vagner: Eles vão ter que brigar muito...
Lula: Hoje eu fiz uma reunião muito boa com 26 SENADORES, sabe? Foi boa a conversa... Agora é o seguinte: O problema é que nós precisamos montar uma equipe para trabalhar esse país. Eu estou disposto, meu caro! Eu estou disposto a percorrer o pais, dizendo o que eu penso...
Vagner: A partir de amanhã nós vamos construir isso...
Lula: Sabe? Eu estou muito à vontade, meu querido. Eu estou muito à vontade... E a conversa que eu tive com ela foi muito, muito, muito, muito, muito importante para a minha consciência, para os meus companheiros... Quero que você saiba que a cada palavra que eu disse para ela, sobre os aliados dela... Quem "é" os aliados dela.
Vagner: Ah, que legal...
Lula: Ela está fazendo proposta para o mercado que é inimigo dela. Nenhum do mercado vai votar nela. O mercado que ela tá pensando em agradar não quer reforma da previdência... Quer o fim dela...
Vagner: Isso...
Lula: Sabe? Que do lado dela, ela sabe quem é, porra...
Vagner: Isso... Sem dúvida nenhuma...
Lula: Foi muito boa!
Vagner: Você ficou feliz com a conversa com ela então?
Lula: Boa, boa, boa, boa... Mas é um pouco complicada para mim, ne? Porque eu tenho que tomar a decisão... Por esses dias... E não é uma coisa fácil para mim... Mas eu converso contigo querido!
Vagner: Beleza. Amanhã a gente conversa.
Lula: Agora é importante ter um esquema de segurança na CUT, porque pode ter vândalos que "queira" quebrar a CUT...
Vagner: Isso...
Lula: Sabe? Tem que ter um esquema...
Vagner: Maravilha...
Lula: Tá bom meu querido?
Vagner: Tá ok.
Lula: Tá bom... Um grande abraço... Eu gostei muito do ato dos bancários... Sabe?
Vagner: Bonito o ato né?
Lula: E sem falsa modéstia, na entrevista eu estava muito bem... Eu estava muito, muito...
Vagner: Você deu um show naquela entrevista...
Lula: Eu estava com muita vontade de falar...
Vagner: Você viu que foi brilhante... Você deu um show naquela entrevista... Mudou as coisas no BRASIL... Tenha força aí que a gente está no jogo... Pode ter certeza...
Lula: É isso meu querido... É isso... E hoje eu disse para os SENADORES: Eu não quero incendiar o país! Eu sou a única pessoa que poderia incendiar esse país... E eu não quero fazer como NERO, sabe? Não quero! Sou um homem de paz, tenho família...
Vagner: Isso... Isso mesmo chefia... Ok?
(A ligação é, de novo, interrompida)
Informações da Veja

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)