Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Em Natal, grupo faz ato em defesa do governo Dilma e em apoio a Lula

Manifestantes fizeram um ato a favor do governo Dilma Rousseff (PT) e em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na tarde desta sexta-feira (18) em Natal. O grupo de concentrou em frente ao shopping Midway Mall, na Zona Sul de Natal, e seguiu até a praça da Árvore de natal, em Mirassol, bairro também da Zona Sul. O protesto começou às 15h e foi encerrado às 19h.
Às 17h15, representantes da Frente Brasil Popular disseram que 30 mil pessoas estão presentes no evento. A Polícia Militar informou às 19h que eram 17 mil pessoas.
Além da capital potiguar, diversas manifestações a favor e contra o governo aconteceram no restante do país. O G1 acompanha os protestos em tempo real.
Desde o início do protesto, os manifestantes entoaram palavras de ordem em apoio ao ex-presidente Lula, à presidente Dilma e contra o golpe. Faixas e cartazes em apoio a nomeação de Lula como ministro da Casa Civil e contra a atuação do juiz Sérgio Moro também foram levados pelos manifestantes.
De acordo com o coordenador do DCE da UFRN, Pedro Lima, a atuação do juiz federal Sérgio Moro está sofrendo interferência de pressões políticas. "Moro vem tomando posturas inconstitucionais e consolidando um clima de insegurança no país. Um impeachment sem fundamento jurídico e meramente articulado por pressões políticas. A defesa da democracia é imprescindível agora e sempre", disse.
A presidente da CUT no RN, Eliane Bandeira, pediu que o voto do povo seja respeitado. "Esse ato significa que os movimentos sociais e sindicais estão reafirmando que querem democracia. Não aceitamos golpe. Queremos que o voto do povo seja respeitado, mas cobramos do governo mudanças na política econômica. Não vamos aceitar a criminalização do PT. Não somos contra as investigações, mas queremos que todos sejam investigados. Também não aceitamos que o judiciário vá contrário ao que diz a Constituição", declarou.
Segurança
O Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), órgão composto por representantes do poder público das diversas esferas e por representantes das diferentes forças com atuação na área da segurança pública, foi ativado às 14h, na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). O objetivo é facilitar a comunicação entre os órgãos envolvidos na operação.
A recomendação do GGI-E é para que condutores de veículos evitem trafegar no trecho da avenida Salgado Filho, entre a Bernardo Vieira e a BR 101, porque uma das vias, sentido Parnamirim/Natal, estará interditada. A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito Urbano (STTU) orienta os condutores a recorrerem a vias paralelas como as avenidas São José, Jaguarari, Rui Barbosa e Prudente de Morais e também a Via Costeira.
“A partir do momento em que o público presente na manifestação iniciar a caminhada, por volta das 16h, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fará o desvio do fluxo de veículos da BR 101 (sentindo Parnamirim/Natal) para a Avenida Norton Chaves, em Nova Descoberta, e para o Viaduto Quatro Centenário visando garantir a segurança nas vias, evitando acidentes de trânsito e uma caminhada segura”, disse o superintendente da PRF/RN, Marcelo Henrique Montenegro de Sá.
De acordo com a PRF, não há previsão de interdição da BR 101. Após concluírem o percurso na avenida Salgado Filho, a manifestação seguirá pela marginal da BR 101 (sentindo Parnamirim/Natal), que também será interditada até o bairro Mirassol.
A Polícia Civil atua com uma Delegacia Móvel completa com delegados, agentes e escrivães. Além disso, equipes extras da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) e profissionais velados do serviço de inteligência estarão circulando no evento. O funcionamento das delegacias de plantão Zona Norte e Sul ocorrerá normalmente. Ao todo, a Polícia Civil contará com 30 policiais envolvidos na operação.
A Polícia Militar e os Bombeiros conta com diversas unidades operacionais distribuídas em pontos estratégicos do percurso. Somente a PM está com um efetivo extra de 430 policiais, sendo deste total, 72 do Comando de Policia Rodoviária Estadual (CPRE) e os demais do Comando de Policiamento Metropolitano. Barreiras policiais serão montadas em todo o perímetro do evento, onde ocorrerão abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita. Policiais também serão distribuídos a pé e veículos durante todo o percurso para garantir a segurança dos participantes, bem como do público que circulará pelo trajeto. Já os bombeiros atuarão com cerca de 20 militares especializados no atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio. Além disso, a tropa se manterá de sobreaviso para qualquer necessidade de acionamento imediato.
O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) disponibiliza uma Plataforma de Observação Elevada (POE) que estará transmitindo imagens em tempo real para o Centro de Comando e Controle Móvel onde estarão os comandantes das unidades operacionais.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)