segunda-feira, 7 de março de 2016

Em Mossoró taxista tem parte da língua cortada durante assalto na BR 304

Um taxista identificado como Gláuber César Bessa Campelo, 33 anos de idade, teve parte da língua cortada por criminosos durante um assalto, ocorrida na tarde desta sexta feira 04 de março na BR 304 nas proximidades da Porcelanatti.
A vítima conseguiu fugir dos criminosos e correu até o Posto da Polícia Rodoviária Federal, onde pediu socorro aos agentes de plantão.
Ele relatou aos policiais, que fez uma corrida e quando chegaram próximo a antiga fábrica de porcelanatti, os passageiros anunciaram um assalto, determinando que ele saísse da BR e entrasse por uma estrada vicinal.
Ainda de acordo com a vítima,quando chegaram a um matagal por trás da fábrica, passaram a torturá-la e depois que cortaram parte de sua língua, os suspeitos atearam fogo no seu veículo.
Nesse momento a vítima conseguiu fugir e correr até o Posto da PRF. Gláuber Cesar foi socorrido por uma Ambulância de Suporte Avançado do Samu, acionada pelos policiais rodoviários e o conduziu ao Hospital Tarcísio Maia.
A Polícia Rodoviária Federal e a PM fizeram buscas, mas não localizaram o veículo da vítima. O caso será investigado pela Polícia Civil.