Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Dom Odilo é agredido em missa que marca início da celebração da Páscoa

Gazeta Web - O arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, foi agredido ao final da missa que abriu as celebrações da Páscoa na manhã desta quinta-feira (24) na Catedral da Sé, em São Paulo. Uma mulher que assitia à celebração e tentou subir no altar durante a missa conseguiu, ao final, agarrar o arcebispo pelas costas, levando a mão em direção ao rosto de Dom Odilo, que ficou arranhado. Ambos caíram no chão, e as pessoas que estavam em volta precisaram retirar os óculos de Dom Odilo da mão da agressora.

A missa começou às 9h com a celebração do crisma na Catedral da Sé, que estava lotada. O arcebispo abençoou os óleos que vão ser usados na igreja durante todo o ano. Durante a cerimônia, cerca de 400 padres da Arquidiocese de São Paulo renovaram seus votos sacerdotais.
A confusão começou após a celebração da comunhão, quando uma mulher tentou subir ao altar gritando o nome do arcebispo. Ela foi contida por seguranças. Ao final da celebração, Dom Odilo foi até a mulher e falou com ela por alguns instantes. Ao virar-se para cumprimentar os demais padres presentes, a mulher agrediu o arcebispo.
A assessoria de imprensa da arquidiocese afirmou que Dom Odilo celebrará missa normalmente nesta quinta à noite. Às 19h, Dom Odilo celebra a missa de lava-pés, tradicional celebração da Páscoa. Neste ano, o cardeal vai lavar os pés de 12 migrantes acolhidos pela Missão Paz. Ainda segundo a assessoria de imprensa, o motivo do ataque é desconhecido.
Veja a nota da Arquidiocede de São Paulo sobre o incidente:
"A Assessoria de Comunicação da arquidiocese de São Paulo esclarece que, na manhã desta Quinta-feira Santa, na Catedral da Sé, uma mulher, com sinais claros de algum transtorno, se manifestava em voz alta durante a celebração da Missa. Após a conclusão da Missa, ela chegou perto do altar e chegou a agredir fisicamente o Cardeal de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, que presidia a Missa; em consequência do incidente, o Arcebispo ficou com algumas escoriações, sem gravidade. Ele está bem e vai presidir todas as celebrações da Semana Santa, previstas em sua agenda.
A Arquidiocese de São Paulo lamenta o ocorrido e pede a todos os católicos que participem com intensidade e devoção das celebrações do sagrado Tríduo Pascal de paixão, morte e ressurreição de Jesus, que iniciamos nesta Quinta-feira Santa.
Assessoria de Comunicação
Arquidiocese de São Paulo"

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)