sábado, 19 de março de 2016

Comunidade Shalom encena a Paixão de Cristo no no anfiteatro da UFRN

Novo Jornal - Todos os anos várias cidades brasileiras exibem suas produções da tradicional Via Sacra, que normalmente acontecem antes ou durante a Semana Santa, que antecede o período da Páscoa. Em Natal não é diferente.
Em sua 11º edição, o musical “A paixão de Cristo: nova terra novos céus” segue com apresentações até amanhã, sempre às 18h, no anfiteatro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A entrada é gratuita e a duração da encenação é de 1h30.
O espetáculo é Organizado pela Comunidade Católica Shalom com recursos da Lei de Incentiva á Cultura Djalma Maranhão e parcerias de empresas privadas. A expectativa da organização é de um público superior a 15 mil pessoas durante as três noites de apresentações.
Composto por um elenco de 240 atores potiguares, o espetáculo está dividido em quatro atos, sendo eles: a vida pública de Jesus e seu primeiro milagre, a Paixão de Cristo da sua prisão até a morte, o momento da ressurreição e o Pentecoste.
A ideia, segundo a produtora artística do espetáculo, Glícia Souza, é sensibilizar o público com o Ano Jubilar da Misericórdia, instituído pelo Papa Francisco para 2016. Ainda sobre os espectadores, Souza garante que eles “podem esperar uma grande experiência com a misericórdia de Deus”.
E entre as novidades da encenação deste ano está a inclusão de um prólogo para  objetivando “expressar por meio da arte a misericórdia de Deus através do sangue de Cristo derramado na cruz”, acrescentou a produtora.
Também entrando como inovação, a exibição vai contar com uma trilha sonora de 14 músicas. A playlist é assinada pelo músico Eduardo Taufic.
Uma projeção mapeada também entra como novidades este ano. O objetivo é ambientar as cenas do espetáculo usando cenários digitalmente recriados. Serão usados três painéis que juntos tem a proporção de 9 metros de altura por 22 de metros de largura.
“Vamos utilizar esse recurso de imagens em movimento para deixar o espetáculo ainda mais bonito”, revela Souza.
Outras novidades
Buscando chamar atenção da sociedade para à temática da fome, a campanha social da Paixão de Cristo desse ano busca arrecadar alimentos para doação. A campanha pretende fazer a doação dos alimentos ao Centro de Reabilitação Infantil, unidade de referência estadual para atendimento às crianças e adolescentes com deficiências.
Além disso, pensando em convidar deficientes visuais para o espetáculo, foram espalhados por Natal cartazes em braile. A ação faz parte da proposta de tornar o musical acessível ao público da capital potiguar.
Eles ainda têm o projeto ousado de nos próximos anos o objetivo será não somente dar as informações, mas também transcrever a arte do panfleto em braile.
Histórico do período
A paixão de Cristo é a narrativa do calvário de Jesus desde o momento em que ele é preso no Monte das Oliveiras, após a realização da última ceia com os apóstolos, até a sua morte na cruz. As encenações mostram as ultimas semanas de vida dele ao público, descrevendo os eventos e sofrimentos de Jesus.
Na história, Jesus é acusado de blasfemo por se apresentar como o Rei de Israel. Logo, é condenado à morte no Império Romano, comandado pelo Pôncio Pilatos, autoridade máxima romana na região da Judéia.
A sua morte na cruz representa, segundo os preceitos da Igreja Católica, que o seu sofrimento teria sido uma prova de sua doação total e incondicional para redimir os pecados da humanidade.
A Semana Santa, que começa com o domingo de Ramos e tem na Sexta-Feira Santa a celebração da paixão de Cristo, encerra-se com o domingo de Páscoa, que relembra o que teria sido a ressurreição de Jesus Cristo.
Comunidade Shalom
A Comunidade Católica Shalom foi fundada em julho de 1982, por Moysés Louro de Azevedo Filho, com o objetivo de levar Jesus Cristo e Sua Igreja àqueles que deles estivessem distantes, especialmente os jovens.
A fundação ocorreu exatamente dois anos após a primeira visita do Papa João Paulo II ao Brasil. Logo, grupos de orações se multiplicam, trabalhos de evangelização, formação e de promoção humana se intensificam, vocações surgem e bispos começaram a pedir casas do Shalom em suas dioceses.
No ano de 1998, o arcebispo de Fortaleza, Dom Cláudio Hummes, assinou o decreto de reconhecimento canônico do Shalom, em nível diocesano. O reconhecimento pontifício veio em 2007.
Já em 22 de fevereiro de 2012, com o fim do período ad experimentum, a Santa Sé confirmou o reconhecimento da Comunidade como associação privada internacional de fiéis e aprova definitivamente seus Estatutos.
Serviço
Espetáculo: “A paixão de Cristo: nova terra novos céus”;
Local: Anfiteatro da UFRN
Data: de 18 a 20 de março;
Horário: 18h
Acesso: Gratuito.
Comunidade Shalom encena a Paixão de Cristo
Com expectativa de público superior a 15 mil pessoas, a encenação da Via Crucis acontece até amanhã no anfiteatro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte