Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Polícia técnica do RN confirma sumiço de 2.880 cédulas de identidade

G1 RN - A Direção Geral do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) do Rio Grande do Norte confirmou na  tarde desta sexta-feira (12) o sumiço de 2.880 cédulas de identidade da sede do órgão, em Natal. Acredita-se que as cédulas, todas em branco, tenham sido extraviadas durante o período do carnaval. De acordo com a assessoria de comunicação do Itep, as cédulas foram retiradas de uma sala de acesso restrito aos funcionários.
Ainda de acordo com o Itep, o extravio foi constatado após uma recontagem das cédulas e a realização de uma ouvidoria entre os servidores para identificar "possíveis falhas entre de controle da distribuição".
"O extravio foi alertado por um dos servidores deste setor, que ao iniciar suas atividades após o feriado [de carnaval], percebeu que o lacre da caixa com as cédulas estava rompido", explica a nota.
A Direção do Itep registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil e anunciou que vai instaurar um processo administrativo para apurar se houve negligência ou responsabilidade de algum servidor.
Caminho das cédulas
De acordo com a direção do Itep, as cédulas para confecção de novas identidades são "armazenadas por lotes e em local reservado para este fim específico". Ainda de acordo com as informações do Itep, a distribuição das cédulas entre os setores do órgão é "feita de forma gradual e controlada numericamente".
As cédulas que desapareceram, segundo o Itep, haviam sido enviadas para o setor responsável por encaminhá-las a postos do órgão no interior do estado. Ainda segundo o órgão, não havia sinal de arrombamento na sala, porém o lacre da caixa que guardava as cédulas estava rompido.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)