Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

PM da 'Viatura do Mal' é condenado a 32 anos de prisão no RN

G1 RN - A Justiça do Rio Grande do Norte condenou na tarde desta terça-feira (23) o soldado da Polícia Militar André Luiz da Silva Pereira, apontado pelo Ministério Público como um dos envolvidos no esquema de corrupção descoberto pela operação 'Novos Rumos'. O esquema ficou conhecido como 'Viatura do Mal'. O soldado da PM foi condenado a 32 anos, 10 meses e 10 dias a serem cumpridos, inicialmente, em regime fechado.
O julgamento do soldado aconteceu na tarde desta terça, na 11ª Vara Criminal de Natal. O juiz acatou 10 das 11 denúncias feitas pelo Ministério Público contra André Luiz. A pena sentenciada contra o soldado é resultado de seis condenações por corrupção passiva, três por peculato-furto, três por receptação e uma por violação de domicílio.
Durante o mesmo julgamento, outro soldado da PM, Isaac Raphael da Cruz Dumaresq, foi absolvido de todas as acusações. A operação 'Novos Rumos' foi desmembrado em sete processos, dos quais seis já foram julgados. O julgamento do último está agendado para esta quarta-feira (24).
Absolvições e condenações
Ao lado de André Luiz, outros dois policiais militares foram condenado até o momento. O soldado Damião Alves da Cunha e Anderson de Oliveira Frasseti Maia foram condenados a três anos e seis meses por corrupção passiva. A sentença estabelece que os PMs cumpram a pena, inicialmente, em regime semiaberto.
Enquanto isso, como Isaac Raphael, outros 4 PMs já foram absolvidos das acusações. Ao todo, 11 PMs serão julgados nos processos.
Cronologia dos processos
28/01 - Soldado Wilton Franco é absolvido da acusação de corrupção passiva;
03/02 - Anderson de Oliveira Frasseti Maia é condenado a 3 anos e seis meses de reclusão em regime inicial semiaberto; Jeferson Monteiro Hermínio é absolvido da denúncia de corrupção passiva;Damião Alves da Cunha é absolvido da acusação de tortura;
22/02 - Damião Alves da Cunha é condenado a 3 anos e seis meses de reclusão em regime inicial semiaberto; Márcio José da SIlva Martins e Werson Magno de Carvalho são inocentados de todas as acusações;
23/02 - André Luiz da Silva Pereira é condenado a 32 anos, 10 mesos e 10 dias de prisão em regime inicial fechado; Isaac Raphael da Cruz Dumaresq é inocentado de todas as acusações.
Operação Novos Rumos
A operação 'Novos Rumos', realizada pelo Ministério Público no dia 29 de setembro de 2015, prendeu 12 PMs do 9º Batalhão. 14 PMs foram denunciados por corrupção passiva, peculato-furto, receptação, prevaricação e violação de domicílio. Os crimes são previstos no Código Penal Militar. As descobertas dos crimes foram feitas a partir de interceptações telefônicas e escutas instaladas dentro de um carro do 9º BPM.
À época o Fantástico teve acesso exclusivo aos áudios gravados dentro do carro 924 do 9º BPM que ficou conhecido como 'Viatura do Mal'. De acordo com as investigações, os PMs detidos receberam dinheiro, queijos e até galinhas para liberar supostos criminosos. Os investigados ainda teriam permitido o tráfico de drogas na região Metropolitana de Natal.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)