sábado, 27 de fevereiro de 2016

Morre aos 63 anos o cantor sertanejo Chico Rey

O cantor Francisco Gomes, o Chico Rey da dupla paranaense Chico Rey & Paraná, morreu aos 63 anos na tarde de sexta-feira, (26/02), em Maceió, no Estado do Alagoas. Chico, que morava em Brasília desde o início dos anos 1970, estava de férias com a família no Nordeste, onde precisou ser internado às pressas no Hospital Vida após uma complicação em uma sessão de hemodiálise. Ele sofreu uma parada cardíaca.
O velório acontece neste sábado, (27/02) a partir das 10:00 horas no Centro Cultural Taguaparque, em Brasília, e será aberto ao público. O enterro está marcado para 17:00 horas no cemitério de Taguatinga. Nos últimos anos, o músico vinha enfrentando um grave e crônico problema renal, chegando ser submetido a um transplante de rim, mas houve rejeição. Em 2013, devido à saúde delicada e em meio à desgastante rotina de hemodiálise, ele foi substituído pelo irmão mais novo da dupla em apresentações.
Formada na década de 1970 em Arapongas, no Paraná, sob a alcunha Devanil e Denival, a dupla era conhecida por propagar o romantismo da seresta e o chamado sertanejo de raiz. Lançou o primeiro álbum, que levava o nome da dupla, em 1981, mas o êxito comercial veio só em 1988, com a música "Quem Será seu Outro Amor". Foram vários sucessos em mais de 20 álbuns lançados, que emplacaram principalmente no interior do Brasil. Entre eles, faixas como “Blusa Vermelha”, "Amor Rebelde", "Leão Domado" e "Em um Lugar do Passado".