sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

João Pessoa: Tenente da PM morre após ser baleado durante rondas e o principal suspeito do crime é filho de um sargento

Portal Correio - O tenente Ulisses Costa, do 5º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, morreu após ser baleado no bairro Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa, no início da noite desta quinta-feira (4). Após o crime, quatro suspeitos de atirar no policial foram detidos. Entre eles, está um sargento da PM.
Segundo o coronel Lívio Delgado, o tenente Ulisses e outros militares tinham ido ao bairro apurar uma denúncia de posse ilegal de armas, mas eles sequer chegaram a realizar abordagens. O principal suspeito do crime é filho de um sargento e seria alvo da investigação apurada pelo tenente Ulisses.
“Ulisses estava à paisana, sem colete e apenas olhava a casa do sargento pelo muro quando foi atingido pelo tiro. Momentos depois do crime, quando policiais foram até o local em diligências, o sargento tentou impedir a vistoria na casa, mas foi em vão. Lá foram encontradas e apreendidas três armas e uma certa quantidade de droga”, informou o coronel Lívio Delgado.
O tenente Ulisses Costa foi socorrido em estado grave para o Ortotrauma e chegou a ser atendido no bloco cirúrgico da unidade, mas não resistiu aos ferimentos.
O governador Ricardo Coutinho, por meio do Twitter, prestou solidariedade à família do policial assassinado e pediu mudanças na legislação penal: