segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Babá é presa na Rússia ao carregar a cabeça de criança pelas ruas

Extra/Globo - Uma mulher causou terror nesta manhã em Moscou, a capital da Rússia. Ela apareceu perto da estação de metro de Oktyabrskoye Pole, de burca e carregando a cabeça de uma criança, ameaçando se explodir e gritando ser uma terrorista. Segundo a imprensa russa, a mulher apareceu horas depois que policiais encontraram um corpo de uma criança sem cabeça ao serem chamados para controlar um incêndio num prédio.
De acordo com relatos iniciais, a mulher seria Gyulychera Bobohulova, de 38 anos, do Uzbequistão, uma babá que por razões ainda desconhecidas teria assassinado uma menina de quatro anos de idade. Segundo a rádio “Govorit Moskva”, ela foi levada pela polícia para uma avaliação psiquiátrica.
O canal de TV “RT” informou que a vítima era uma menina identificada como Nastya M. Após o assassinato, a mulher foi para uma estação de metrô, onde foi parada por um policial local. Ela pegou a cabeça da criança de sua bolsa e começou a gritar que ela a tinha matado. “O fim do mundo está chegando em um segundo ... Eu sou sua morte. Eu odeio democracia. Eu sou uma terrorista. Eu sou um homem-bomba", a mulher é gritava. Não foram encontrados explosivos com ela.
A mãe da menina ficou desesperada ao saber da morte da filha e precisou ser levada para o hospital, segundo informações do canal de TV russo "Zvezda".