sábado, 16 de janeiro de 2016

PT X DILMA

A insistência da presidente Dilma na reforma da Previdência tem irritado os petistas. Diante dos problemas que o governo tem pela frente no Congresso, o ex-presidente Lula a aconselhou a não mexer no assunto. “Em plena crise política e econômica, não é o momento adequado para discutir a reforma da Previdência. E acredito que não avance este ano”, diz o líder do governo na Comissão de Orçamento, Paulo Pimenta (PT). As despesas do INSS são o maior gasto do governo. O déficit na Previdência aumentou antes mesmo da sanção do Orçamento de 2016. Isso porque a previsão de recursos era para um salário mínimo de R$ 871, e Dilma fixou o valor em R$ 880. Ilimar Franco/OGlobo