Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Polícia Militar lança oficialmente neste sábado a Campanha “Em Baixo e Bom Som” no litoral potiguar

BG - A Polícia Militar do Rio Grande do Norte, por meio da Companhia Independente de Proteção Ambiental (CIPAM), com o apoio do Ministério Público Estadual e o Tribunal de Justiça do RN, inicia oficialmente, neste sábado (16), uma campanha educativa e de conscientização denominada “Em Baixo e Bom Som” em estabelecimentos comerciais e em casas de veraneio quanto a utilização abusiva de som alto. A ação tem como objetivo apoiar a Operação Verão 2015/2016 do Governo do Estado que segue até o dia 14 de fevereiro, após o Carnaval.
Os principais locais de fiscalização são as praias dos litorais Sul e Norte da Região Metropolitana, nas praias de Tibau, na Região Oeste e na cidade de Caicó, no Seridó, mas a ação poderá ser estendida para outras localidades.
De acordo com o Comandante da Cipam, Major Alexandre Correia, o objetivo da ação é conscientizar os proprietários de veículos, bares e restaurantes a seguirem as leis ambientais e não incomodar os vizinhos com o som alto.
“O que queremos mostrar com a campanha educativa é que todos temos direitos e deveres. O trabalho será feito com proprietários de bares e restaurantes e demais estabelecimentos comerciais, bem como donos de paredões, para que entendam que deve existir a diversão, mas tudo tem que ser conciliado com a tranquilidade de vizinhos e moradores próximos a esses locais. Não podemos esquecer que existem crianças e idosos nas proximidades. Em locais sem a acústica adequada, o som chega diretamente na casa das pessoas e isso não é permitido”, explicou o Major.
Durante a ação, os policiais estarão distribuindo cartilhas com orientações a evitar a poluição sonora e os males que o som alto pode causar nas pessoas e no meio ambiente.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)