Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Justiça determina retorno do delegado Fábio Rogério à Dehom

A Justiça determinou o retorno do delegado Fábio Rogério para a Delegacia Especializada de Homicídios de Natal (Dehom). Transferido em outubro de 2015, após acusar a Delegacia Geral de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Degepol) de promover "terrorismo administrativo", o delegado deverá ser novamente o titular da Especializada. A informação foi confirmada pelo próprio delegado na tarde desta terça-feira (19).
Em seu perfil no Facebook o delegado comemorou a decisão da Ação Ordinária n º0800305-92.2016.8.205001do Juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Dr. Airton Pinheiro, que determina a suspensão imediata dos efeitos da Portaria n 634/2015 GDG/PCRN de 15/10/2015 que o tirou da titularidade da Dehom no ano passado.
Ao Nominuto, Fábio Rogério disse estar feliz com a decisão. “Passei um infortúnio muito grande diante de tanta perversidade. A minha saída de lá foi injusta, por perseguição e agora estou muito feliz porque a justiça está sendo feita”, disse.
O delegado está de licença médica em Pernambuco e ficou sabendo da decisão na tarde de hoje. Ele comentou sua transferência e os rumores que circulou em torno dela. “Colocaram-me em situações que jamais aconteceu, coisas que denegriram minha imagem, como venda de inquérito, e isso nunca aconteceu”, acrescentou.
Ainda não existe uma data definida para Fábio Rogério assumir a delegacia. “Retorno para Natal essa semana. O delegado irá me passar a delegacia em breve,  pois ainda tem o inventário e todos os trâmites”, esclareceu.
Segundo o delegado, o  próximo passo é assumir o trabalho com mais determinação ainda. “Quero desvendar os homicídios que aconteceram e elucidar os casos em investigação, prendendo criminosos que estão soltos em natal aterrorizando a cidade”, finaliza.
Degepol
Em contato com a Assessoria de Imprensa da Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), a reportagem foi informada que o delegado-geral, Stenio Pimentel, ainda não foi notificado desta segunda decisão. “Até o momento, a única decisão que ele [delegado-geral] está ciente é da primeira que mantem o afastamento dele [Fábio Rogério]”, informou o assessor.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)