sábado, 23 de janeiro de 2016

Irmã se emociona ao falar de Maria Karolyne

"Eu vi ela cair aqui na minha frente por causa de um celular. Ela não vai poder realizar todos os sonhos que ela tinha para 2016"
Ao final da Caminhada pela Paz, Karla Álvares de Melo se deitou no mesmo local onde a filha Maria Karolyne tombou sem vida na quarta-feira passada (20). Rodeada por velas e visivelmente emocionada, a mãe da jovem assassinada permaneceu em silêncio enquanto a população ao seu redor entoava “somos todos Karol”.
Ao término do protesto em nome da paz, a irmã de Karol, que esteve em sua companhia durante o ocorrido, falou aos presentes. “Eu vi ela cair aqui na minha frente por causa de um celular. Ela não vai poder realizar todos os sonhos que ela tinha para 2016”, disse a irmã da jovem.