Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Governo do RN descumpre acordo com Policiais e Bombeiros Militares

As Associações Representativas de Militares do Rio Grande do Norte, em virtude no atraso das promoções previstas para o dia 25 de dezembro, estiveram em reunião no último dia 30, com a Secretária de Segurança Pública, Karina Leite e os Comandantes Gerais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, para tratar das promoções dos mais de mil policiais e bombeiros, que foram suspensas temporariamente. Diante do que foi apresentado, as Associações convidam  os interessados no assunto para Assembleia Geral, segunda-feira, dia 11 de janeiro, às 9 horas, em frente a Governadoria, em pauta, será discutido sobre as medidas a serem adotadas com o objetivo de que se cumpra o que foi pactuado em agosto.
Segundo o Sargento Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares – ASSPMBMRN, houve um desrespeito do governo com os representantes das Associações que estiveram presente nas negociações em agosto de 2015. “A categoria suspendeu na época o movimento, acreditando no calendário apresentado pelo governo. O próprio governo disse como seria realizado essas promoções e os pagamentos, e hoje descumpri com o prometido, afirmou Sargento Eliabe.
O acordo proposto pelo governo, em agosto de 2015, apresentava quatro datas para que fossem realizadas as promoções dos praças, sendo cumprida apenas a de agosto. Além do descumprimento com as promoções, o governo também não cumpriu o que foi acordado sobre o pagamento das promoções de 2012, 2013 e 2014. De acordo com o Sargento Eliabe, estes policiais e bombeiros militares foram promovidos a mais de três anos e houve a promessa que os pagamentos seriam realizados em outubro e novembro do ano passado, tendo havido até o momento apenas um pagamento parcial.
De acordo com as informações apresentadas na reunião com a Secretária Karina Leite, o Governo do Estado estaria suspendendo temporariamente as promoções, uma vez que o acordão a ser publicado pelo TCE implicaria riscos de inelegibilidade ao Governador do Estado, Robinson Faria, e afetava a todos os setores do Governo, não apenas à pasta de Segurança Pública.(ASSPMBMRN)

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)