Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

Explosão de celular pode ter sido causa de incêndio na casa de tintas em Parnamirim/RN

Tribuna do Norte - A explosão de um aparelho celular nas mãos de um funcionário da Loja das Tintas, na BR-101 em Parnamirim, pode ter sido a causa de um incêndio que destruiu metade do empreendimento no início da tarde de ontem. Surpreendido pela pane enquanto fazia uma ligação, o homem que não teve a identidade revelada arremessou o aparelho em chamas e este, quando em contato com as latas de tintas automotivas e solventes que compunham o estoque da loja, provocou o início do incêndio. O aparelho não estava conectado à corrente elétrica. O trânsito ficou lento no local e agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) indicavam as rotas alternativas aos motoristas, que insistiam em reduzir a velocidade para filmar ou fotografar o incidente.
Apesar das chamas terem se espalhado rapidamente e causado pequenas explosões, ninguém ficou ferido além do funcionário que manuseava o celular. Ele foi levado ao Pronto-Socorro do Hospital Deoclécio Marques de Lucena, também em Parnamirim, com queimaduras nas mãos. O Corpo de Bombeiros foi acionado por antes das 15h31 e vinte bombeiros espalhados em dois caminhões, duas caminhonetas e uma ambulância debelaram as chamas com uso de uma esponja especial e 10 mil litros de água. O trabalho se estendeu até o início da noite, após o resfriamento do prédio e posterior liberação da BR-101 sentido Parnamirim-Natal.
De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros, Joilton Cunha, o material atingido pelas chamas era de fácil combustão e o trabalho dos militares foi de controlar as chamas rapidamente para que não se espalhasse para outros empreendimentos. O incêndio chamou atenção de populares e causou temor não somente pela fumaça que formou uma extensa nuvem negra que podia ser vista de longe, mas também pelas pequenas explosões ouvidas a alguns metros de distância. Inicialmente, suspeitava-se que as explosões tinham relação com o sistema elétrico da loja, mas não passavam das tampas das latas despressurizando e sendo arremessadas ao alto.
“O maior risco encontrado na ocorrência esteve relacionado à grande carga de incêndio, provocado pelo acúmulo de produtos inflamáveis existentes na loja que comercializa tintas. Por esta razão, foram necessários 80 litros do líquido gerador de espuma (LGE) e mais 10 mil litros de água”, comentou o tenente responsável pela operação. Ele explicou, ainda, que o LGE é o mesmo produto utilizado em acidentes aeronáuticos, sendo o mais adequado para ser utilizado em incêndios que envolvam líquidos inflamáveis. Todo o material que não foi atingido pelas chamas foi retirado da loja pelo proprietário no início da noite de ontem.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)