quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Delator diz que pagou propina de R$1 MILHÃO ao presidente da CCJ

Diário do Poder - O ex-diretor financeiro da UTC Engenharia Walmir Pinheiro Santana, um dos delatores na Operação Lava Jato, revelou que o deputado Arthur Lira (PP-AL), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, e um dos parlamentares mais próximos ao presidente da Casa, Eduardo Cunha, foi pessoalmente à sede da empreiteira para receber R$1 milhão em dinheiro vivo, acertados com Ricardo Pessoa, o dono da empresa e chefe do cartel que roubou a Petrobras.
Pinheiro disse que "se surpreendeu" com a presença do deputado na sede da empresa para receber o dinheiro. O ex-diretor esperava um emissário para buscar o dinheiro reservado para o deputado.
O dinheiro destinado a Arthur Lira, entregue na sala de reunião da empreiteira, estava guardado em um armário na sala ocupada pelo ex-diretor da UTC. O volume era grande demais para o tamanho do cofre. Arthur Lira é filho do senador Benedito de Lira (PP-AL), também citado em outras denúncias.