Pular para o conteúdo principal

Impostômetro do RN

1.727 veículos foram abordados durante feriadão nas pricipais rodovias do RN

190rn - Policiais dos cinco distritos do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) realizaram, no período de 28 de dezembro à 4 de janeiro, a Operação Réveillon 2016 com a intensificação da fiscalização nas principais rodovias estaduais do RN. Diariamente, uma média de setenta policiais de trânsito esteve atuando na operação.
Durante a ação, foram abordados 1.727 veículos, o que resultou na remoção ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de 27 veículos, na realização de 354 exames etílicos, confecção de 256  autos de infrações de trânsito e no recolhimento de 20 carteiras de habilitação nacional. Sete pessoas foram detidas em flagrantes, sendo cinco por estarem conduzindo veículos sob o efeito de bebidas alcoólicas e dois por estarem com motocicleta com registro de roubo e portando drogas.
Dois acidentes com vítimas fatais foram oficialmente registrados, neste período, na área de atuação do CPRE. Sendo um no acesso a cidade de Upanema e o outro em Japi. Ambos os acidentes envolveram colisões entre carro e moto. Os policiais ainda estão apurando o registro de um terceiro acidente, ocorrido entre os municípios de Viçosa e Porta Alegre, para que possa ser confirmada a localização exata e, posteriormente, ser incluído no relatório.
“Os dados demonstram que nossas rodovias, em especial da região Oeste, apresentaram, mais uma vez, um intenso fluxo de veículos, em função das festividades de virada de ano. O município de Tibau, onde ficam as praias daquela região, atraiu muitos mossoroenses. Podemos constatar isso por meio do relatório do 2º Distrito de Polícia Rodoviária (2º DPRE) que apresentou dados bem elevados de abordagens, exames etílicos e notificações”, disse o tenente coronel Manoel Kennedy Nunes.

Postagens mais visitadas deste blog

ÁUDIO: Capitão Styverson detona a Polícia Civil diz que agentes e delegados são preguiçosos.

O temido capitão da Lei Seca, Styverson Valetim, que faz um excelente trabalho nas blitzes de trânsito, criticou com veemência os integrantes da Polícia Civil em um áudio que circula pelos grupos de WhatsApp. “Meu trabalho funciona, pois só depende de mim. Não sou vinculado à Polícia Militar”, disse Styverson no áudio, fazendo críticas até a corporação que faz parte. Depois detonou a Polícia Civil: “O Policial Civil ganha muito bem e um delegado ganha R$ 23 mil para não fazer nada”. “Já denunciei as delegacias que não querem trabalhar por preguiça”, diz ainda o Capitão Styverson. (HeitorGregório).

Violência no Rio Grande do Norte - 29.05.2016

Casal aborda e da garupa da motocicleta mulher mata jovem no Igapó 190rn - Um homicídio foi registrado neste sábado no bairro de Igapó, vitimando um jovem identificado como Eduardo, conhecido como “Dudu”, que foi vítima de pelo menos quatro disparos de arma de fogo. Segundo informações de populares, a vítima estava em frente a uma residência quando um casal chegou no local em uma motocicleta e a mulher, que estava na garupa, atirou contra ele.
Após ter sido ferido, ele ainda foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar. Mototaxista é executado dentro de casa em São Paulo do Potengi 190rn - Um homicídio foi registrado na madrugada deste domingo, na cidade de São Paulo do Potengi vitimando um mototaxista identificado como Paulo Sérgio, mais conhecido na cidade como “Rosinha”. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, quando estava na sua residência e ainda foi socorrido mais não resistiu aos ferimentos, morrendo antes da c…

Mega Fazenda de Lula na Argentina

Segundo o guia dos pescadores a Mega Fazenda pertence ao ex-presidente da República Luiz Inácio LULA da Silva e seu filho Lulinha. Assistam o vídeo e vejam onde o dinheiro do Brasil, do povo brasileiro está indo parar. (jonasmelloradialista)