quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Governo do RN suspende serviços de restaurantes populares

G1 RN - Após a operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) que prendeu oito empresários por fraude na licitação dos restaurantes populares do estado e da suspensão da concorrência, a Secretaria de Estado de Trabalho e Habitação (Sethas) informou que o serviço será suspenso a partir desta quinta-feira (31). De acordo com uma nota divulgada pela Sethas, 20 mil pessoas serão afetadas pela paralisação do serviço.
Segundo a nota divulgada pela Sethas, a suspensão temporária dos serviços acontece uma vez que os contratos em vigor com as empresas que mantém o funcionamento dos restaurantes populares se encerram nesta quinta-feira (31). De acordo com a nota, não há possibilidade de estender o contrato com estas empresas.
A nota ainda explica que a interrupção no fornecimento das refeições nos restaurantes populares de 20 municípios potiguares segue uma recomendação do Ministério Público, em virtude da investigação dos empresários fornecedores dos restaurantes.
A Sethas encerra a nota afimando que a investigação do Ministério Público Estadual é restrita aos empresários alvo da ação, não havendo acusação contra os serviços da secretaria.